Sumaré

Sumaré (444)

No próximo domingo, dia 3, serão definidos os finalistas para a 7ª Copa Matão, organizada pela AEAS (Associação do Esporte Amador de Sumaré). Às 8h20, a partida será entre Nova Terra e Baxada. Já às 10 horas, o Camarões encara o Fumaça. Caso algum jogo das semifinais termine empatado no tempo normal, a decisão será nos pênaltis. A competição regional conta com o apoio da Prefeitura de Sumaré.

 

Os semifinalistas foram classificados no último domingo, dia 27, nos jogos da última rodada da fase de grupos. O Camarões empatou em 2 a 2 com o Real Salvador, porém, com a combinação dos demais resultados da rodada, assegurou a primeira colocação do grupo A. O mesmo aconteceu no empate em 1 a 1 entre Nova Terra e Fumaça, que foram classificados por ocuparem a primeira e segunda colocação do grupo B, respectivamente. O Baxada venceu por 1 a 0 o já eliminado Liverpool e passou para a próxima fase garantindo a segunda colocação no grupo A. Ao todo, a fase de grupos foi disputada por oito equipes amadoras da região do Matão, completando a lista o Praça do Sol e Caramuru, que também não conseguiram a classificação.

 

A Copa Matão teve início em 2002, idealizada por Manoel Luiz Neto, hoje um dos coordenadores do campeonato. “A ideia de montar um campeonato regional foi descentralizar a competição de futebol amador em Sumaré, que ocorria apenas no Centro da cidade e acabava fortalecendo os times da região central. A Copa teve como objetivo incentivar as equipes dos bairros, estruturar os clubes e oferecer oportunidades para o surgimento de novas equipes, como o Fumaça e Nova Era. Tivemos o apoio importantíssimo do prefeito da época, Dirceu Dalben, e a partir de 2003, expandimos o torneio para as outras regiões, criando a Copa Integração, que revelou times como União 3 Vilas, Canarinho e Ipiranga, consagrados no cenário municipal e regional. Agradecemos também ao prefeito Luiz Dalben por dar o apoio necessário para que a copa aconteça, incentivando nossos atletas e a prática esportiva em nossa cidade”, explicou Manoel.

 

“Temos atletas muito talentosos em Sumaré, não apenas no futebol, mas em várias modalidades esportivas, sempre levando o nome da nossa cidade aos pódios, seja em campeonatos amadores ou profissionais. Incentivar o esporte e contribuir para o bem-estar e qualidade de vida da nossa população é nosso compromisso”, comentou o prefeito Luiz Dalben.

 

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação

 

 

Proposta feita pelo vereador Willian Souza recebeu 16 votos favoráveis e segue para sanção do prefeito Luiz Dalben

 

A Câmara de Sumaré aprovou na noite de ontem (29) projeto de lei de autoria do vereador Willian Souza (PT) que obriga os motoristas de ônibus do transporte público municipal a parar fora dos pontos no período noturno para que as passageiras desembarquem dos veículos. Chamada de “Parada Segura”, a proposta recebeu 16 votos favoráveis e segue agora para a sanção do prefeito Luiz Dalben (PPS).

 

De acordo com o vereador, a proposta surgiu a partir de audiência pública realizada pela Comissão de Direitos Humanos no ano passado para discutir a violência de gênero. A parada fora dos pontos regulamentados poderá ser solicitada por mulheres de qualquer idade no período entre as 21h e 05h, desde que dentro do itinerário da linha e em local onde seja permitido o estacionamento do veículo.

 

“O objetivo é encurtar a distância entre o desembarque de mulheres que trabalham ou estudam à noite e correm maior risco de sofrerem com a violência de gênero. A iniciativa já vem dando bons resultados em outros municípios brasileiros, onde as passageiras podem solicitar a parada fora do ponto, quando não se sentirem seguras nas paradas obrigatórias”, explica o vereador autor da proposta.

 

Além de orientar os motoristas, as empresas do transporte coletivo deverão informar aos passageiros sobre a obrigatoriedade através de adesivos e cartazes fixados em local visível no espaço interno de todos os ônibus e micro-ônibus utilizados no sistema viário.

 

Willian ressalta que a medida não aumenta nem modifica o trajeto das linhas do transporte coletivo municipal e que por isso não haverá prejuízo financeiro para as empresas ou aos cofres públicos. “Os desembarques devem ocorrer sem desvios, dentro do itinerário previsto na rota. Os condutores dos veículos serão os responsáveis por escolher o local mais próximo ao indicado pela passageira”, complementa.

 

O projeto define ainda que a Prefeitura seja responsável por registrar as denúncias sobre o descumprimento da legislação e notificar as empresas ou permissionárias. A multa no caso de desobediência da lei será de R$ 500 para cada infração.

 

Fonte: Câmara Municipal de Sumaré

 

 

Devido à paralisação recente dos caminhoneiros, é comum presenciar a utilização de galões por parte da população para a coleta de combustível nos postos. A Defesa Civil de Sumaré alerta sobre os riscos de tal prática e esclarece os moradores sobre os cuidados necessários para o armazenamento.

 

A corporação municipal orienta a população a não armazenar combustível em suas residências ou em locais inapropriados, sem autorização legal ou conhecimento técnico, pois o material é altamente inflamável e pode provocar incêndios, intoxicação e queimaduras. O armazenamento destas substâncias de forma inadequada, além de extremamente perigoso, também é crime ambiental, previsto no Art. 56 da Lei 9.605 de 12 de fevereiro de 1998, sob pena de reclusão de um a quatro anos e multa.

 

“Por conta da escassez de combustíveis nos postos de todo o país, os condutores de veículos podem estar armazenando o material de forma irregular, comprometendo a própria saúde e segurança. Chamamos a atenção da população para o risco de se manter um produto inflamável em casa. Ele pode derramar, respingar no chão e ter contato com o fogo, gerando grandes explosões”, explicou o superintendente de Defesa Civil, Carlos Eduardo Vicente. Caso seja extremamente necessário armazenar o combustível, é importante utilizar os recipientes adequados, sempre lacrá-los e evitar qualquer atividade que possa gerar faíscas.

 

“É preciso que a população esteja alerta e adote todos os cuidados necessários para não colocar em risco sua própria saúde e segurança, assim como de seus familiares, amigos, da comunidade em geral. Esse trabalho de orientação e conscientização visa prevenir possíveis acidentes. Contamos com a colaboração de toda a população”, comentou o prefeito Luiz Dalben.

 

Em caso de emergência, a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros Municipal podem ser acionados a qualquer momento pelos telefones 3903-4147 ou 193.

 

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação

 

 

A Secretaria Municipal de Finanças apresentou na última segunda-feira, dia 28, em audiência pública, o Relatório de Execução Orçamentária do 1º Quadrimestre deste ano. O resultado é positivo, demonstrando todo o trabalho realizado pela gestão Luiz Dalben para o equilíbrio das contas municipais e o consequente desenvolvimento de Sumaré.

 

De acordo com o relatório, a receita corrente neste primeiro quadrimestre foi 4,2% superior à prevista – o que também demostra a eficiência dos órgãos de arrecadação e confiança da população na Administração Municipal. Além de superar as expectativas constantes na Lei Orçamentária Anual, a “Receita Realizada” neste primeiro quadrimestre também ficou 10,86% acima da do ano anterior, num total de R$ 249,69 milhões. O manejo responsável das receitas municipais propiciou ainda que a Prefeitura de Sumaré liquidasse 11,41% a mais de despesas empenhadas do que em 2017.

 

Com relação à despesa com pessoal, a Prefeitura de Sumaré também tem cumprido a Lei de Responsabilidade Fiscal, que prevê que sejam gastos até 54% das receitas do Município com folha de pagamento. A despesa com pessoal manteve-se em 52,84% no primeiro quadrimestre.

 

“Estamos planejando e realizando as despesas com responsabilidade, conforme exige o prefeito Luiz Dalben, levando-se em conta nossa disponibilidade financeira e o cumprimento das exigências legais. Este resultado até o momento é bastante positivo, nossas contas estão equilibradas e, o mais importante, o desenvolvimento da cidade não está estagnado, os cidadãos continuam recebendo melhorias em todas as áreas”, explicou a secretária de Finanças, Monis Soares.

 

No próximo dia 14 de junho, a Prefeitura de Sumaré apresenta também o relatório de prestação de contas do 1º quadrimestre da Saúde. “As audiências públicas possibilitam a toda a população conhecer e acompanhar as receitas e despesas do Município, de que forma o dinheiro público está sendo aplicado. A participação popular é muito importante neste processo e, desde já, convidamos nossos moradores a participarem da audiência da Saúde”, disse o prefeito Luiz Dalben.

 

O encontro acontece dia 14, a partir das 14h, na Câmara de Vereadores. O endereço é Travessa 1º Centenário, nº 32, Centro.

 

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação

 

 

A Câmara de Sumaré aprovou por unanimidade nesta terça-feira (29/05), durante a 17ª sessão ordinária do ano, o projeto de lei nº 27/18, do vereador Dirceu Dalben, que dispõe sobre punições aos cidadãos que que forem flagrados jogando lixo em ruas, calçadas, praças, parques e afins. A multa será no valor de R$ 400,00 (quatrocentos reais) a cada infração cometida, e nos casos de reincidência, a multa aplicada será de R$ 800,00 (Oitocentos reais).

 

Caso o lixo seja descartado em áreas inapropriadas e ocupe mais de um metro cúbico, a multa será proporcional e essa lei também se encaixa para as pessoas que não recolhem as fezes de seus animais em logradouros públicos.

 

“Todos têm o dever de zelar pelo meio ambiente saudável. Lixo na rua é sinônimo de transtornos aos usuários como entupimento de esgotos, proliferação de animais peçonhentos e os mais diversos desconfortos humanos”, disse Dirceu.

 

De acordo com o projeto, o cidadão que for multado e alegar que cometeu o ato infracional por não possuir lixeira próximo ao local de descarte, poderá, sem custo, fazer requerimento ao setor de meio ambiente da prefeitura municipal, para que seja implantada uma lixeira próxima da região na qual foi multado.

 

O Poder Executivo adotará todas as medidas necessárias para regulamentação da lei quando aprovada, designando os órgãos responsáveis pela fiscalização e sua execução. Poderá ainda estabelecer um convênio para a instalação de lixeiras com a iniciativa privada, a qual arcará com os custos de instalação, manutenção e higienização das mesmas, mediante a compensação do espaço publicitários nos respectivos equipamentos.

 

Fonte: Câmara Municipal de Sumaré

 

 

A Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe foi prorrogada até o dia 15 de junho. Podem receber a dose idosos acima de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes, puérperas, professores, pessoas com doenças crônicas e privadas de liberdade. A vacina protege contra os três subtipos do vírus com maior incidência: H1N1, H3N2 e Influenza B. Até o momento, foram vacinadas 30.704 pessoas em Sumaré, o que corresponde a 56,8% do público alvo.

A campanha é realizada nas 22 unidades de saúde de Sumaré e cada unidade possui seu próprio cronograma de dias da semana e horários, conforme listagem abaixo. Para receber a dose, basta apresentar a Carteira de Vacinação ou documento de identificação. A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores ou para pessoas que tenham alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados. 

“É muito importante que as pessoas que integram os grupos prioritários e ainda não receberam a dose, procurem o postinho mais próximo de sua residência para receber a imunização. A vacina é uma das formas de prevenção mais eficientes que temos contra os principais subtipos da gripe”, disse o prefeito Luiz Dalben.

Em Sumaré, a meta é vacinar cerca de 54.000 sumareenses, o que corresponde a 90% do público alvo, formado por aproximadamente 60.200 pessoas que se enquadram nos grupos prioritários estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Para ampliar a cobertura, a Secretaria de Saúde também deu início no dia 21 de maio a uma força-tarefa nas escolas municipais e creches conveniadas ao PROEB (Programa Municipal de Educação Básica) para imunizar os alunos e profissionais. Devido à paralisação dos caminhoneiros, no entanto, as atividades nas escolas municipais foram suspensas e a imunização precisou ser interrompida, mas o trabalho será retomado assim que possível.

 

 

CRONOGRAMA DE VACINAÇÃO

 

Região Central

CS II – CENTRO

BCG: quintas-feiras de manhã

Febre amarela: terças-feiras

Gripe: segundas, quartas, quintas (tarde) e sextas-feiras

 

USF VASCONCELLOS

Febre amarela: quartas-feiras

Gripe: segundas, terças, quintas e sextas-feiras

 

USF VILA YOLANDA

Febre amarela: quartas-feiras

Gripe: segundas, terças, quintas e sextas-feiras

 

UBS PQ. EMÍLIA

Febre amarela: segundas-feiras

Gripe: segunda à sexta

 

Região Rural

UBS CRUZEIRO

Febre amarela: sextas-feiras

Gripe: segundas, terças, quartas e quintas-feiras

 

Região Maria Antonia

 

UBS MARIA ANTONIA

Febre amarela: quartas-feiras

Gripe: segundas, terças, quintas e sextas

 

USF ANGELO TOMAZIN

BCG: quintas-feiras de manhã

Febre amarela: terças-feiras

Gripe: segundas, quartas, quintas (tarde) e sextas-feiras

 

USF SALERNO

Febre amarela: quintas-feiras

Gripe: segundas, terças, quartas e sextas-feiras

 

UBS DALL’ORTO

Febre amarela: quartas-feiras, das 11h às 15h

Gripe: segundas, terças, quintas e sextas-feiras

 

Região Nova Veneza

CIS NOVA VENEZA

BCG: segundas-feiras de manhã

Febre amarela: terças-feiras

Gripe: segundas e quintas à tarde, quartas e sextas o dia todo

 

Região Matão

USF SANTA CLARA

Gripe: segunda a sexta

 

UBS PARAÍSO

Febre amarela: terças-feiras

Gripe: segundas, quartas, quintas e sextas

 

UBS MATÃO

Febre amarela: segundas-feiras

Gripe: terça à sexta

 

USF NOVA TERRA

Febre amarela: quartas-feiras

Gripe: segundas, terças, quintas e sextas-feiras

 

Região Picerno

PACS PICERNO

Febre amarela: sextas-feiras

Gripe: segunda a quinta

 

USF LUCÉLIA

Gripe: segunda à sexta

 

UBS BORDON

Gripe: segunda à quinta

 

Região Área Cura

USF BANDEIRANTES

Febre amarela: terças-feiras

Gripe: segundas, quartas, quintas e sextas

 

UBS SÃO JUDAS

Gripe: segunda à sexta-feira

 

UBS NAÇÕES

Gripe: segunda à sexta

 

UBS TREVO

Febre amarela: sextas-feiras

Gripe: segundas, terças, quartas e quintas-feiras

 

UBS DENADAI

Febre amarela: quintas-feiras

Gripe: segundas, terças, quartas e sextas-feiras

 

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação

 

 

Devido à greve dos caminhoneiros, as ações programadas pela Prefeitura de Sumaré para o Dia do Desafio, realizado amanhã, dia 30, estão suspensas. Porém, os muncípes que praticarem, no mínimo, 15 minutos de atividades físicas na data poderão enviar as informações para o emailEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Serão válidas apenas atividades físicas que contenham fotos, segundo regulamento da competição. Neste ano, enfrenta a cidade cubana de Güita de Melen, em uma competição amigável entre municípios do mesmo porte, vencendo aquele que conseguir mobilizar o maior percentual de sua população.

 

Confira como estão os serviços públicos em Sumaré e a previsão para os próximos dias:

  • Coleta de lixo: garantida pelos próximos dias com a quantidade de combustível disponível até o momento.
  • Saúde: As unidades de saúde permanecem em funcionamento, porém, as UBSs (Unidade Básicas de Saúde) poderão não funcionar, para priorizar o atendimento nos PAs (Pronto-Atedimentos). A coleta de exames laboratoriais segue suspensa, atendendo apenas casos de urgência e emergência. As farmácias municipais estão funcionando em sua totalidade.
  • Educação: Ponto facultativo na rede municipal de ensino nos dias 29 e 30 de maio, sujeito à compensação, se necessitar. As aulas permanecem nas escolas estaduais, segundo a Diretoria Regional de Ensino.
  • Creches do Preob: As Escolas de Educação Infantil Recanto Tia Cecília, Aquarela I e II, Arco-Ìris Encantado, Bamboloá, Gente Miúda I e II, Mini Mundo, Piu-Piu, Ponta do Lápis, Sonho Mágico I e II e Sonho Real suspenderam as atividades hoje, dia 29. As demais unidades atendem normalmente.
  • Transporte municipal: Segundo a concessionária Ouro Verde, o transporte opera hoje e amanhã com 30% da frota.
  • Transporte intermunicipal (EMTU): Segundo a EMTU, na Região Metropolitana de Campinas estão circulando com 74% dos 500 ônibus que atendem a 150 linhas em toda a região.
  • Segurança: A Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros Municipal e Defesa Civil seguem trabalhando normalmente.
  • Serviços urbanos: As operações tapa-buracos estão interrompidas, uma vez que a empresa fornecedora de massa asfáltica suspendeu a entrega do material na semana passada. Serviços de limpeza e manutenção de ruas e praças seguem sendo realizados em toda a cidade.
  • Inclusão Social: Seguem suspensas as atividades dos Grupos da Melhor Idade e demais cursos oferecidos pela Secretaria de Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social. Os CRASs (Centros de Referência em Assistência Social), CREAS (Centro de Referência Especializado em Assistência Social) e Conselho Tutelar funcionam normalmente.
  • Entidades

Pestalozzi: não está atendendo por falta de transporte. Apenas Residência Inclusiva.

APAE: atendimento suspenso.

SCFVs (Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos): Atendimento suspenso nas unidades:  SCFVs Manchester, Ângelo Tomazin, SCFV Salerno, SCFV CAIC (Associação Recanto Tia Cecília), SCFV Área Cura (Nisfram), SCFV Cruzeiro (Centro Educacional Rebouças), SCFV Trevo, SCFV Nova Veneza, SCFV Picerno (Sociedade Humana Despertar).

  • Projeto Guri: Atividades suspensas até que o abastecimento de combustíveis esteja normalizado.
  • Funerárias: estarão normalizadas de um a cinco dias.
  • PROCON: Segue a fiscalização e orientação dos estabelecimentos comerciais. O trabalho segue nos supermercados da cidade.

 

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação

 

 

Grupo de pesquisadoras da Embrapa Agroindústria de Alimentos (RJ) demonstrou que jovens de escolas de ensino médio e cursos profissionalizantes do estado do Rio de Janeiro aceitam teores menores de açúcar, gordura e sódio (um dos componentes do sal) em, respectivamente, néctar de uva, batata palito e pão francês. O interessante é que os jovens aprovaram esses alimentos mesmo percebendo a diminuição da presença desses ingredientes.

Liderado pela pesquisadora Renata Torrezan, o projeto testou a aceitação da redução dos ingredientes em produtos usuais da dieta dos jovens e averiguou como eles a percebem e se teria efeito na opção de consumo. A conclusão, sustentada por análises sensoriais, foi que a redução percebida não prejudicou a aceitação dos produtos e que eles continuariam sendo consumidos.

Foram alcançadas diminuições expressivas, até o limiar de continuidade de aceitação dos três ingredientes nos produtos. As pesquisadoras reduziram 50% do açúcar em relação ao valor médio encontrado em néctares disponíveis no mercado. Néctar é a bebida que contém cerca de 30% de polpa de fruta e pode ser adoçada.Só podem ser rotuladas como suco as bebidas contendo apenas ingredientes naturais sem conservantes, corantes artificiais nem açúcar.

70% menos gordura nas batatas palito

A quantidade de sódio aprovada foi 20% menor que a da formulação padrão registrada no guia de boas práticas nutricionais para pão francês da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), publicado em 2012. Já a gordura foi reduzida em 70% comparando-se ao valor médio obtido de produtos disponíveis no mercado (após fritura) e das batatas de redes de lanchonetes.

O projeto "Investir na saúde dos jovens visando à melhoria da qualidade de vida: um estímulo para a redução do consumo de açúcar, sódio e gordura por meio da informação qualificada” foi elaborado com o objetivo de apoiar as iniciativas do Ministério da Saúde (MS) para a redução do consumo dessas substâncias e estímulo ao consumo de frutas e vegetais, visando uma alimentação mais saudável para a prevenção e redução das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), as principais causas de morte no mundo.

Essas doenças constituem o problema de saúde de maior magnitude no País e correspondem a cerca de 70% das causas de mortes. São doenças multifatoriais que se desenvolvem no decorrer da vida, de longa duração, tais como a hipertensão arterial sistêmica, o diabetes Mellitus, a insuficiência renal crônica, a obesidade, o câncer e as doenças respiratórias.

“Devido às mudanças, exigências e conveniência da vida moderna, muitos dos brasileiros consomem produtos alimentícios industrializados ou se alimentam fora dos seus lares. De acordo com o Ministério da Saúde, essa mudança nos hábitos alimentares tem levado ao aumento da carga de doenças crônicas não transmissíveis”, alerta Torrezan.

 

Cada comparação pareada foi composta por uma bebida adicionada de uma concentração de referência, e outra que foi reduzida ou adicionada de açúcar em relação à referência. Na ficha de avaliação os avaliadores responderam à pergunta “qual amostra é mais doce?”. A redução aceitável de açúcar foi determinada apresentando-se uma sequência de formulações reduzidas, utilizando-se o limiar de detecção determinado em testes de aceitação.

Freitas Sá explica que, para a redução de açúcar, sódio e gorduras em alimentos processados, a análise sensorial é uma ferramenta fundamental para a reformulação de produtos pela indústria. Além disso, de acordo com a pesquisadora, pode contribuir para a demonstração e popularização de novos conceitos sobre alimentação saudável, atuando individualmente na mudança de atitude e hábitos de consumo.

Consumo elevado de açúcar por 61% da população

O consumo de açúcar de 61% da população brasileira é considerado elevado: média de 47 gramas diários de açúcar adicionado por pessoa. Ao lado do baixo consumo de frutas e hortaliças, esse é um dos hábitos alimentares não promotores da saúde e ocorre devido à elevada ingestão de sucos, refrigerantes, refrescos e produtos açucarados. Os dados são da Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008/2009.

O sabor uva, especialmente dos néctares, é um dos mais comercializados entre a população brasileira, seu consumo tem aumentado nos últimos anos, passando de 0,15 litro per capita em 1995 para 0,54 litro em 2015.

DCNT respondem por 63% das mortes no mundo

As doenças crônicas não transmissíveis são as principais causas de morte no mundo, correspondendo a 63% dos óbitos, segundo dados de 2008. A maioria dos óbitos por DCNT é atribuída a doenças do aparelho circulatório, câncer, diabetes e enfermidades respiratórias crônicas. As principais causas dessas doenças incluem fatores de risco modificáveis, como tabagismo, consumo nocivo de bebida alcoólica, inatividade física e alimentação inadequada.

Entre as políticas de DCNT no Brasil destaca-se a Política Nacional de Promoção da Saúde, aprovada em 2006, que prioriza ações de alimentação saudável, atividade física, prevenção ao uso do tabaco e álcool. Entre as ações para alimentação, há iniciativas como o incentivo ao aleitamento materno e à alimentação complementar saudável e o Guia Alimentar para a População Brasileira. Além disso, foram realizados acordos com a indústria para a redução do teor das gorduras trans e acordos voluntários de metas de redução de sal em 10% ao ano em alimentos industrializados.

Segundo Eduardo Nilson, coordenador-substituto de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, o Brasil aplica o método de reduções graduais dos teores de açúcar, sódio (sal) e gordura, seguindo as bem-sucedidas experiências internacionais. Isso tem sido feito por meio de negociações com as associações representativas da indústria, como a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia) e a Associação Brasileira da Indústria de Panificação (Abip), com a participação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Nas negociações são pactuadas metas de redução que visam melhorar o perfil dos produtos processados. “É uma maneira de alcançar grande fatia do mercado representado pelas associações e evitar o vínculo a apenas uma marca ou outra”, aponta Nilson. Desde 2011, vige um acordo para a redução de sal que, ao longo de seis anos, alcançou reduções médias de 5% a 30% dependendo do produto.

Nilson atribui importância à pesquisa científica e tecnológica para o alcance dos objetivos da Política Nacional de Promoção à Saúde: “Buscamos cada vez mais envolver a comunidade científica, pois a redução dos teores desses ingredientes é um desafio complexo que tem implicações tecnológicas e sensoriais. O processo tem que ser gradual para que o consumidor tenha tempo de se adaptar, aos poucos, aos níveis menores”, explica.

 

 

 

 

João Eugênio Diaz Rocha (MTb 19276/RJ) 
Embrapa Agroindústria de Alimentos 
 
Telefone: (21) 3622-9737

 

 

O prefeito Luiz Dalben assinou na manhã de hoje, dia 28, decreto que declara situação de emergência em Sumaré, devido à paralisação nacional dos caminhoneiros. De acordo com o documento, para garantir a continuidade dos serviços essenciais, a Guarda Municipal, em conjunto com a Polícia Militar, poderá escoltar os caminhões de combustíveis para postos de Sumaré, destinados ao reabastecimento de ambulâncias e veículos utilizados para serviços públicos, não somente para âmbito municipal, mas também para os departamentos e corporações estaduais, como Hospital Estadual de Sumaré, Polícia Militar, Polícia Civil, transporte de médicos, medicamentos e insumos. Ademais, a Prefeitura requisitou a destinação de um posto para receber combustível e abastecer exclusivamente veículos de uso público até que o reabatecimento esteja normalizado.

 

Além disso, foi decretado ponto facultativo na rede municipal de ensino nos dias 29 e 30 de maio, sujeito à compensação, se necessitar. A Administração Municipal havia feito planejamento de utilização de merenda, gás e transporte escolar para os próximos dias, porém, há grande falta de alunos e professores devido à dificuldade de locomoção. As aulas permanecem nas escolas estaduais, segundo a Diretoria Regional de Ensino.

 

Além da situação de emergência, o decreto ainda autoriza a participação de voluntários para reforçar as ações de resposta à situação atual, coordenadas pelas Secretarias de Governo e Segurança, além da realização de campanhas para garantir a prestação dos serviços essenciais, especialmente mediante a utilização de automóveis de empresas privadas e contratadas pela Prefeitura para transporte de pacientes, medicamentos, insumos e servidores das secretarias de Saúde e Segurança.

 

Na última quinta-feira, dia 24, o prefeito já havia assinado outro decreto que obriga os postos de abastecimento e serviços localizados no Município de Sumaré a reservarem quantia suficiente de combustíveis (diesel, gasolina, etanol) para o abastecimento emergencial dos veículos da frota municipal. Agora, os servidores das áreas de Saúde e Segurança passam a ter atendimento prioritário nesses postos, sendo permitido o abastecimento dos veículos particulares dos mesmos, mediante apresentação de autorização da Prefeitura e com pagamento por parte dos colaboradores. O objetivo é facilitar a locomoção e evitar faltas destes servidores, que prestam serviços essenciais à população.

 

Além disso, com o novo decreto, os estabelecimentos comerciais da cidade, como mercados, também estão obrigados a manter reserva técnica de produtos não perecíveis da cesta básica, sendo autorizados a impor restrições de quantia máxima de venda de tais produtos para cumprimento da determinação. No entanto, como a demanda também está baixa, não há indícios de crise e gravidade até o momento.

 

“Nossa grande preocupação é, principalmente, com a continuidade do atendimento da Saúde e o acesso da população à alimentação. Por respeito e compromisso com nossos moradores, estamos empenhando todos os esforços necessários para garantir o bom funcionamento dos serviços públicos em nossa cidade, evitando prejuízos aos nossos moradores, que já enfrentam dificuldades com o desabastecimento dos combustíveis”, explicou o prefeito Luiz Dalben.

Confira como estão os serviços públicos em Sumaré e a previsão para os próximos dias:

  • Coleta de lixo: garantida pelos próximos dias com a quantidade de combustível disponível até o momento.
  • Saúde: As unidades de saúde permanecem em funcionamento, porém, as UBSs (Unidade Básicas de Saúde) poderão não funcionar, para priorizar o atendimento nos PAs (Pronto-Atedimentos). A coleta de exames laboratoriais segue suspensa, atendendo apenas casos de urgência e emergência. Hoje, as farmácias das unidades de saúde do Parque Bandeirantes e Dall’Orto tiveram as atividades suspensas devido à dificuldade de locomoção dos funcionários, mas a população não foi afetada.
  • Transporte municipal: Segundo a concessionária Ouro Verde, o transporte opera hoje e amanhã com 30% da frota. Caminhões estão sendo escoltados pelo contingente de Segurança do Município para o reabastecimento do posto de combustível interno da empresa.
  • Transporte intermunicipal (EMTU): Segundo a EMTU, na Região Metropolitana de Campinas estão circulando nesta segunda-feira 74% dos 500 ônibus que atendem a 150 linhas em toda a região. Não foi dada previsão para os próximos dias.
  • Segurança: A Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros Municipal e Defesa Civil seguem trabalhando normalmente.
  • Serviços urbanos: As operações tapa-buracos estão interrompidas, uma vez que a empresa fornecedora de massa asfáltica suspendeu a entrega do material na semana passada. Serviços de limpeza e manutenção de ruas e praças seguem sendo realizados em toda a cidade.
  • Inclusão Social: Seguem suspensas as atividades dos Grupos da Melhor Idade e demais cursos oferecidos pela Secretaria de Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social. Os CRASs (Centros de Referência em Assistência Social), CREAS (Centro de Referência Especializado em Assistência Social) e Conselho Tutelar funcionam normalmente.
  • Entidades

Pestalozzi: não está atendendo por falta de funcionários. Apenas Residência Inclusiva com dois internos e aguardando a chegada de outro. Centro Dia não está funcionando, devido à dificuldade de transporte das crianças.

 

APAE: tem funcionários nesta segunda-feira, porém poucas crianças devido à dificuldade de transporte.

SCFVs (Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos)

- Em funcionamento nesta segunda-feira:

SCFV Picerno (SHD)

SCFV Horto (Centro Educacional Rebouças)

SCFV Alvorada (Centro Educacional Rebouças)

SCFV Parque Regina (Instituto Saber)

SCFV Matão (Instituto Saber)

SCFV São Domingos (IBQ)

- Atendimento suspenso:

SCFV Área Cura (Nisfram)

SCFV São Judas (Sociedade Beneficente São Judas Tadeu)

SCFVs Manchester (Associação Recanto Tia Cecília)

SCFV CAIC (Associação Recanto Tia Cecília)

SCFV Salerno (Associação Recanto Tia Cecília)

SCFV Ângelo Tomazin (Associação Recanto Tia Cecília)

SCFV Trevo (SHD)

SCFV Nova Veneza (SHD)

SCFV Cruzeiro (Centro Educacional Rebouças)

  • Projeto Guri: Atividades suspensas até que o abastecimento de combustíveis esteja normalizado.
  • Funerárias: estarão normalizadas de um a cinco dias.
  • PROCON: Segue a fiscalização e orientação dos estabelecimentos comerciais. Hoje, as equipes trabalham nos supermercados da cidade.

 

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação

 

 

O vereador Prof. Edinho (REDE) apresenta amanhã (29/05), durante a 17ª sessão ordinária do ano, o projeto de lei nº 80/18 que determina multa de R$150,00 (cento e cinquenta reais) para os usuários dos parques, praças e logradouros públicos que frequentarem estes locais com animais de estimação e não assumirem a limpeza, remoção e destino adequado das fezes geradas por eles.

 

Os recursos arrecadados com a aplicação das multas serão destinados ao Departamento de Zoonoses do município. Inicialmente, os infratores serão advertidos verbalmente, ou notificados por escrito, e nos casos de desobediência serão autuados.

 

De acordo com o artigo 3º do projeto, a fiscalização será feita pelos órgãos municipais competentes, que procederão, num primeiro momento, à orientação do condutor do animal no sentido que se proceda ao recolhimento do resíduo fecal, acondicionando-o adequadamente e destinando ao local apropriado. Caso haja descumprimento, procederá a aplicação da multa.

 

O projeto prevê ainda que qualquer munícipe que constatar o descumprimento poderá denunciar o fato pelos meios de comunicação do município. 

 

“O objetivo é uma melhor qualidade na limpeza do município, assim como implementar uma política de educação ambiental a todos de uma maneira sutil. Na tentativa de criar uma consciência ambiental e atitudes nobres por partes de todos cidadãos”, comentou o vereador.

 

Fonte: Câmara Municipal de Sumaré

 

 

Tapeçaria Maracanã

Programa de reconstrução capilar

 Revista Época

Anunciante Clements

© 2017 - Grupo Interativo Negócios | Jornal Sumaré | Jornal Interativo | Site Interativo

Rua Conceição, 233 - CEP 13.010-916 - Campinas/SP

Fones: (19) 3384-6388 / 99283-6239 Whatsapp

E-mail: contato@jornalsumare.com.br

 

Edições semanais com 5 mil exemplares distribuídos em 175 pontos em toda cidade,
Em supermercados, bancas de revistas e jornais e algumas empresas.