Equipes fazem o jogo de ida das oitavas de final nesta quarta-feira (14)

 

Com uma fase complicada e o cargo ameaçado, Zinedine Zidane tentou, em entrevista coletiva, amenizar a pressão para o duelo contra o Paris Saint-Germain nesta quarta-feira (14), no Santiago Bernabéu. Pela imprensa e torcedores, o confronto é tratado como uma final antecipada, mas o francês teve mais cautela.

 

- Não é uma final para mim, é uma partida de Champions League. Se você joga bem, você tem mais chances. Será uma eliminatória 50 a 50%. Todos possuem chances. Nós não temos pressão, pelo contrário. Nós amamos esses jogos. Agora, se o PSG tem pressão, eu não sei - disse Zizou. 

 

Uma das maiores preocupações dos madrilenhos para este embate é Neymar, que vive ótimo momento no PSG. Zidane, no entanto, desconversou e preferiu não revelar como será a marcação para cima do brasileiro. A bola rola às 17h45 (de Brasília) para o jogo.

- Não sei se preciso responder a essa pergunta. Desculpe. O importante são os jogadores. Mas não vou dizer nada sobre a montagem da equipe - afirmou.

– Cristiano Ronaldo e Neymar são dois grandes jogadores, mas amanhã é Real Madrid contra o PSG. Cristiano conseguiu coisas extraordinárias e não vou comparar agora. Neymar também, por tudo o que ele faz no campo, nós já conhecemos. Queremos ver um duelo entre eles, mas entre as equipes – completou. 

Publicado em Esportes

A saída de Neymar não repercutiu da melhor forma na Catalunha, assim como a contratação de Paulinho. A insatisfação em relação aos movimentos de mercado do Barcelona, que ainda não confirmou nenhum reforço à altura de seu ex-camisa 11, ainda somou à derrota para o rival Real Madrid no jogo de ida da Supercopa da Espanha, em pleno Camp Nou. Por meio da internet, fãs do clube começaram a se manifestar contra o presidente Josep Maria Bartomeu, cuja família chegou a ser ameaçada, assim como o próprio. Josep Vives, porta-voz do clube, colocou em xeque a autenticidade dos movimentos contra o mandatário, em entrevista concedida ao canal oficial do Barça.

"A campanha contra Bartomeu exige uma reflexão coletiva. Segundo o que averiguamos, trata-se de um movimento artificial e manipulado, visto que a maioria das menções não vêm da Catalunha, da Espanha ou da Europa. Além de não ocorrerem no continente europeu, não ocorrem de acordo com o horário local, são feitas de madrugada", argumentou.

 

Sobre as ameaças que o presidente e sua família têm recebido, Vives disse que elas têm o afetado de forma pessoal e direta. "Tudo isso deve nos fazer refletir, sobretudo aqueles que estão dando importância à manifestação, responsabilizando-se. Os dados que contestam a veracidade da campanha estão disponíveis", apontou.

No entanto, o porta-voz assumiu o compromisso em atingir os objetivos do clube e garantiu um trabalho árduo para tal. "O Barcelona continua trabalhando cotidianamente em suas obrigações desportivas e de gestão. Como não poderia ser diferente, o clube é totalmente aberto a anseios, desejos e opiniões de seus sócios", completou.

Nesta quarta-feira, o Barça tentará recuperar o prejuízo na Supercopa, agora no Santiago Bernabéu. Revertendo o placar desfavorável do jogo de ida, que terminou 3 a 1 para os rivais, aumenta a chance do time amenizar o ambiente extra-campo e aliviar a pressão sobre Bartomeu.

Publicado em Esportes



 

 

Publicidade

 

« Fevereiro 2018 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28        

© 2017 - Grupo Interativo Negócios | Jornal Sumaré | Jornal Interativo Cidades | Site Interativo

Rua Maria Elizabeth Menuzzo, 423 Sala 7 CEP 13.615-715 Sumaré/SP

Fones: (19) 3384-6388 / 99283-6239 Whatsapp

E-mail: contato@jornalsumare.com.br

 

Edições semanais com 5 mil exemplares distribuídos em 175 pontos em toda cidade,
Em supermercados, bancas de revistas e jornais e algumas empresas.