Quarta, 18 Julho 2018 01:25

O Parque da Uva, na cidade de Jundiaí/SP, irá receber grandes nomes da música brasileira. Artistas como Bruno & Marrone, Fernando & Sorocaba, Péricles, Capital Inicial, Nando Reis, Jefferson Moraes, e Eduardo Costa, estarão se apresentando durante a Festa Julina, que irá acontecer entre os dias 20 e 29 deste mês. O ingresso pode ser adquirido a partir de R$ 25,00, e de um quilo de alimentou ou um litro de leite nas duas sextas-feiras do evento.

 

No primeiro dia da festa, sexta-feira (20), quem sobe ao palco são os cantores Péricles e Gabriel. Neste dia, o parque será aberto das 16h às 22h, com entrada gratuita. A entrada será um quilo de alimento ou um litro de leite. No sábado (21), quem comanda a festa são as duplas Fernando & Sorocaba e Otávio & Raphael. Domingo (22), os shows ficam por conta de Capital Inicial, Nando Reis e Marcelo Carvalho.

 

A segunda semana da festa também reserva grandes shows. Sexta-feira (27), Jefferson Moraes e Jobson Souza prometem duas grandes apresentações para o público presente. No sábado (28), as atrações ficam por conta de Eduardo Costa e Thiago Carvalho. E para fechar o evento com chave de ouro, no domingo (29), Bruno & Marrone e Gustavo Alves.

 

Todo o evento estará decorado, com muitas bandeiras, cidade cenográfica, praça de alimentação, comidas típicas nordestinas, brinquedos infantis, coreto do forró, além de uma fogueira gigante para receber a família. Os ingressos já podem ser adquiridos pelo site www.festajulinadejundiai.com.br e na bilheteria do local. Para mais informações, através do telefone (11) 9 5659 6225.

 

Lembrando que aos sábados e domingos, os portões do parque irão abrir a partir das 10h para visitação gratuita, para que seja possível o público desfrutar da culinária nordestina e todas as atrações do evento. A partir das 14h haverá cobrança de ingressos.

 

SHOWS

20/07 – Péricles e Gabriel

21/07 – Fernando & Sorocaba e Otávio & Raphael

22/07 – Capital Inicial, Nando Reis e Marcelo Carvalho

27/07 – Jefferson Moraes e Jobson Souza

28/07 – Eduardo Costa e Thiago Carvalho

29/07 – Bruno & Marrone e Gustavo Alves

 

SERVIÇO

Evento: Festa Julina Jundiaí

Data: 20 a 29 de julho

Horário: 10h

Local: Parque da Uva - Avenida Jundiaí, s/n – Anhangabaú - Jundiaí/SP.

Valores: A partir de R$ 25,00

Mais informações: www.festajulinadejundiai.com.br / (11) 9 5659 6225

 

 

Quinta, 12 Julho 2018 13:12

Por conta da falta de transparência da Prefeitura de Campinas com o projeto de revitalização da Lagoa do Taquaral, o vereador Nelson Hossri (Podemos) pretende ir ao Ministério Público em defesa dos permissionários da área de lazer. Isso porque, ao contrário do que foi divulgado em matéria publicada nesta quarta-feira (11) no Correio Popular, a existência de estudos para reformar o Parque Portugal sempre foi negada pela Secretaria de Serviços Públicos, seja através de requerimentos protocolados pelo parlamentar ou reuniões realizadas na Prefeitura com a presença dos permissionários.



Para Nelson, o projeto de revitalização anunciado pela administração municipal é um“desrespeito” aos comerciantes que trabalham, em alguns casos, há 40 anos nos quiosques da Lagoa do Taquaral.



“Caso a Prefeitura revitalize os quiosques de forma autoritária, como demonstrou na reportagem, irei ao Ministério Público denunciar esse abuso com os permissionários”, declarou o vereador Nelson Hossri.



Na matéria, o secretário de Serviços Públicos de Campinas, Ernesto Dimas Paulella, admitiu que o projeto de revitalização prevê a padronização dos boxes, mas que os permissionários dos quiosques terão de arcar com a reforma das bancas, orçada em cerca de R$ 18 mil.



A declaração é contraditória ao que foi dito em resposta ao requerimento do vereador, enviada em fevereiro deste ano. Na ocasião, foi garantido que não existia estudos para revitalização do espaço. A Setec (Serviços Públicos) chegou a afirmar que não havia sido comunicada sobre possíveis projetos pela Secretaria de Serviços Públicos, e que, somente após a conclusão de estudos, que daria início às tratativas com os permissionários sobre realocação e adequação das bancas.



“Antes de revitalizar os quiosques, cobrando de forma absurda dos permissionários, a Prefeitura deveria promover mais atrações na área interna do Parque Taquaral para crianças, jovens e idosos. Hoje, atrativos como o pedalinho, bondinho e a visita à caravela não funcionam nem em período de férias escolares”, ressaltou Nelson Hossri.



Agora não é momento para gerar despesa, principalmente por conta da crise econômica que o país ainda vive. O respeito com os permissionários deve prevalecer pois se tratam de famílias e pessoas que já estão lá há mais de 40 anos”, finalizou.

 

 

Fonte: Juliana Medeiros

 

 

Terça, 10 Julho 2018 23:04

Governador Márcio França lança hoje o JEPOE, o alistamento civil voluntário para jovens. Na Região de Campinas, serão 135 vagas em Monte Mor

 

O governador Márcio França lança hoje, 5 de julho, às 16 horas, no Palácio dos Bandeirantes, na Capital, a iniciativa Jovens no Exercício do Programa de Orientação Estadual (JEPOE). Trata-se do alistamento civil voluntário do Governo do Estado de São Paulo, que pretende engajar jovens, entre 16 e 18 anos, em atividades de interesse social, como ações comunitárias e de orientação ao cidadão. A previsão é que os cursos comecem em agosto. Serão oferecidas 4.337 vagas inicialmente. O investimento total do Estado é de R$ 27 milhões.

 

Os participantes serão selecionados em bairros socialmente vulneráveis e receberão bolsa-auxílio no valor de R$ 500,00 mensais, mediante a comprovação de frequência no Ensino Médio. Os selecionados também vão frequentar cursos de Qualificação Profissional e Formação Cidadã, com noções de Direito e Cidadania, Ética e Empreendedorismo.

 

O programa será implantado inicialmente em 16 municípios, um em cada região administrativa do Estado. Na Região de Campinas, o município de Monte Mor será contemplado com 135 vagas. Essas cidades foram escolhidas levando-se em conta indicadores sociais, como renda per capita baixa e altos índices de criminalidade entre os jovens.

 

O JEPOE foi inspirado no Jovens no Exercício do Programa de Orientação Municipal (JEPOM), desenvolvido em São Vicente de 2001 a 2012. Criado pelo então prefeito da cidade, Márcio França, a iniciativa reduziu em 56% os índices de violência no município do litoral paulista, após a oferta de capacitação profissional à população jovem e mais vulnerável socialmente.

 

Univesp

Na última terça-feira, dia 3 de julho, o governador assinou convênio com 230 municípios que implantaram novos polos da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), em 2018. Desses, 143 começaram as atividades no 1º semestre e87 iniciam neste 2º semestre. Com a expansão, em um ano, a universidade ofereceu mais de 55 mil vagas em três vestibulares e passou de 45 para 330 polos, em 290 cidades.

 

No primeiro semestre deste ano, os polos da Univesp na Região Metropolitana de Campinas (RMC) ofereceram 2.050 vagas. Para o segundo semestre foram abertas 750 vagas, a maioria nos novos polos da universidade na RMC: Campinas (200), Holambra (100) e Monte Mor (200). Os dois períodos vão totalizar 2.800 vagas.

 

“A ideia é chegar a 450 mil vagas nos polos em todo o Estado. Por que 450 mil? É o número de todos alunos do Ensino Médio paulista quando se formam no terceiro ano. A meta é que todo rapaz ou moça que se forme nas escolas estaduais tenha garantida uma vaga nessas faculdades sem vestibular, com cursos ministrados por professores da USP, Unicamp, Unesp e das Fatecs", ressalta o governador.

 

Em junho de 2018, a universidade deu início à implantação do novo modelo pedagógico, com a abertura do processo de seleção para a contratação de 1.100 mediadores presenciais e 94 supervisores. Também lançou o Selo Parceiro Univesp, certificado concedido às prefeituras, universidades, empresas e entidades que atuam em conjunto com a instituição na oferta de educação superior a distância de qualidade. O certificado comprova ações implementadas em parcerias ou por meio de convênios.

 

A Univesp oferece cursos de Engenharia de Produção, Engenharia de Computação, Licenciaturas de Biologia, Química, Física, Matemática e Pedagogia e o de Tecnologia em Gestão Pública. Em 25 de maio a 19 de junho, o vestibular somou 38 mil inscritos para 21.650 vagas.  A prova acontecerá neste domingo, 8 de julho, e o gabarito divulgado em 10 de julho. As matrículas deverão ser realizadas entre 1º e 3 de agosto, nos próprios polos.

 

Infraestrutura

 

O governador Márcio França assinou, em 28 de junho, convênios com 365 municípios das 16 regiões administrativas do Estado. Foram liberados mais de R$ 388 milhões para execução de obras de infraestrutura urbana, turismo, saneamento, esporte, assistência social e tecnologia. Na Região Metropolitana de Campinas (RMC), 6 cidades receberão, no total, R$ 16,1 milhões.

 

Os convênios vão destinar R$ 15,6 milhões às prefeituras de Holambra, Indaiatuba, Morungaba, Santa Bárbara D’Oeste e Valinhos para obras de infraestrutura urbana. Na área de turismo, Holambra receberá R$ 300 mil para construção de duas praças. O Governo do Estado ainda destinará R$ 200 mil para a administração municipal de Jaguariúna construir uma quadra esportiva.

 

Saúde

 

O Governo do Estado prevê a entrega de 31 clínicas do tipo Unidade Básica de Saúde (UBS) em 15 municípios da RMC até outubro: Campinas (6 unidades), Cosmópolis (2), Indaiatuba, Itatiba (5), Jaguariúna (2), Holambra, Monte Mor (2), Morungaba, Nova Odessa, Paulínia (2), Santa Bárbara D’oeste (2), Vinhedo, Arthur Nogueira, Pedreira e Sumaré (3). As novas unidades vão ampliar o acesso à rede pública de saúde e também a qualidade do atendimento, uma reivindicação de municípios da RMC.   

 

As obras fazem parte do lote do programa Saúde em Ação, parceria inédita da Secretaria de Estado da Saúde com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que prevê a construção e reforma de 166 serviços de saúde em cinco regiões paulistas. Do investimento total para o programa, de R$ 826 milhões, 70% são provenientes do BID e outros 30%, do tesouro estadual.

 

Macroanel

 

Na área de transportes e logística, o projeto do Macroanel de São Paulo prevê a criação de um cinturão ao redor do Rodoanel, interligando as cidades do interior ao litoral. O novo acesso que terá, ao todo, 600 km, vai interligar sete rodovias, com a duplicação de 340 km, além da construção de 24 km, beneficiando todo o Estado.

 

O novo arco, mais distante da Capital, atravessará cidades importantes como Sorocaba, Campinas, Atibaia, Jacareí, Mogi das Cruzes, Bertioga, Santos e demais cidades do Litoral Sul. O Macroanel facilitará ainda o acesso a dois importantes polos de transporte: o Porto de Santos e o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas.

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa Governo do Estado de São Paulo

 

 

Tapeçaria Maracanã

Programa de reconstrução capilar

 Revista Época

Anunciante Clements

© 2017 - Grupo Interativo Negócios | Jornal Sumaré | Jornal Interativo | Site Interativo

Rua Conceição, 233 - CEP 13.010-916 - Campinas/SP

Fones: (19) 3384-6388 / 99283-6239 Whatsapp

E-mail: contato@jornalsumare.com.br

 

Edições semanais com 5 mil exemplares distribuídos em 175 pontos em toda cidade,
Em supermercados, bancas de revistas e jornais e algumas empresas.