Artigos do Leitor

Artigos do Leitor (1)

Sexta, 19 Outubro 2018 13:59

O COACHING com foco no resultado

Escrito por

Aureny Oliveira Ferreira

 

Membro da SLAC (Sociedade Latino Americana de Coaching) onde é formado Personal & Professional Coach, Analista Comportamental DISC, e Analista de Competências ASSESS. Dentro dos seus estudos complementares está a Formação Ciências Contábeis, Matemática, Pedagogia (licenciatura plena), Teologia, Psicanálise, Educação Especial com ênfase em inclusão e Psicopedagogia Clínica (em formação). Como profissional atuo como Consultora Financeira, Mediador empresarial, com mais de 25 anos de experiência em Consultoria Contábil e Financeira. Mais de 13 anos como professora universitária no curso de Bacharel em Ciências Contábeis, atuo há cinco anos como professora de matemática na rede estadual. Mais de três anos atuando como Psicanalista com mais 300 horas em atendimento adulto e infantil.

www.moneylive.com.br

 

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 


O COACHING com foco no resultado.

 

Formação do tema delimitado a importância do uso adequado das ferramentas no processo do coach. (resultados após as devolutivas)

 

Objetivo geral contribuir com os novos formandos em coach e apoiar quem tomou a iniciativa de passar por um processo de coaching)

 

Objetivo específico (depoimento de quem passou pelo processo)

 

- Coaching é um processo, uma metodologia, um conjunto de competências e habilidades que podem ser aprendidas e desenvolvidas por qualquer pessoa para alcançar um objetivo na vida pessoal ou profissional, comprovadamente, é uma excelente oportunidade de carreira para quem quer ajudar outras pessoas. Ao conhecer o coaching foi como dar sentido aos símbolos, a origem da vida, um grande começo. Fazendo uma analogia entre o Conceitos de Símbolo e Mito e o coaching é possível notar que a história se repete. No olhar da psicanálise e a psicologia recebem determinações e explicações diferentes em função da abordagem teórica. Em particular, essa apropriação pelo senso comum das interpretações psicológicas dos conceitos de Símbolo e Mito, quase sempre remetem à Psicologia Analítica criada pelo psiquiatra e psicanalista suíço Carl Gustav Jung (1875-1961). Isso se dá em especial, pelo fato dos conceitos de Símbolo e Mito estarem na maioria das vezes associados ao de Arquétipo, criado pelo próprio Jung. Tais conceitos são tomados como recurso auxiliar para explicação da experiência subjetiva humana nas mais diversas formas, mas poucas vezes atribuem o sentido original em que foram concebidos por Jung.

 

Na visão junguiana, arquétipo voltando aos primeiros grupos de integrante de humanos sobre a Terra uma boa parte do que você come para sobreviver, inclusive a água vem da terra, a coleta de raízes e frutos vem especialmente das florestas, outra parte da alimentação que é a caça, que vem da terra. A conquista de parceiros e a reprodução e sobrevivência da espécie humana. Isso define o ciclo da vida está intimamente ligado a terra.

 

Ao nascer a criança é alimentada no seio da própria mãe, cujo corpo também mantém a criança aquecida. A mulher é comparada a terra, ela dá a vida, provê alimento, água, aquece e proteção para seu filho, da mesma forma que a terra faz conosco. A associação é imediata e faz todo sentido, aqui temos configurado o Arquétipo da Mãe, nutridora e protetora que nos garante onde a vida é representada por esse Arquétipo. Um longo e profundo estudo realizado por especialista em desenvolvimento humano, nasceu um novo sistema atualizado de ferramentas baseadas em perguntas e respostas, que revela a personalidade do coaching em sua verdadeira origem podendo ser transformado no ser ideal, este resultado nos aproxima de nós mesmos.

 

Tudo o que se relacionar a vida, a natureza e seus habitantes naturais, a Mulher em idade reprodutiva, grávida e em aleitamento e tudo o mais que você possa associar para expressar a ideia de terra e vida serão Símbolos do Arquétipo da Mãe. Nesse sentido os Arquétipos seriam a matéria-prima psíquica e afetiva através da qual nossos antepassados atribuíram significado à experiência humana de interação com o mundo, essas raízes remetem a condição biológica da própria espécie. O Arquétipo (o coaching) então é a matriz a fonte que coordena a formação dos elementos que estruturam a nossa psiquê, os Símbolos.

 

O Símbolo é uma propriedade subjetiva da condição humana e todo pensamento e toda ação consciente que temos, seria uma consequência do processo inconsciente de simbolização de um evento vivido. Por essa razão o Símbolo é o veículo de comunicação entre a psique individual e o inconsciente coletivo, entre o inconsciente e o consciente onde os Arquétipos ganham forma.

 

Você munda seus atos e pensamentos, você munda a sua história...

 

Sem o conhecimento da escrita, não haveria uma ligação entre a Terra, a Mulher e a Vida. Sem o auto conhecimento não há satisfação, realização. E, embora essa experiência esteja simbolizada ao nível do inconsciente, você não têm consciência disso porquê é característica do Símbolo, sua vivência se expressa por meio de um pressentimento, um sentimento, um sentido, algo afetivo que nos revela um significado que antes era desconhecido. O sistema estruturado de questões possibilita e nos orienta a acessar conteúdos psíquicos desconhecidos, assim ao encontro dos Arquétipos que habitam no inconsciente, as ações automáticas, as repetições dos vícios herdados dos antepassados, as crenças e valores que nos movem e nos dá sentido à vida, dificultados ou pesando como âncoras nas realizações dos sonhos e objetivos. Assim como o conhecimento do mundo e da vida foi transmitido aos seus descendentes, antes da escrita, através das estórias que foram passadas de geração a geração. Estas ferramentas foram estruturadas em forma de perguntas simples e objetiva nos guiando a perceber o nosso estado original e nos ajuda a fazer escolhas mais objetivas, fazer um novo caminho com mais leveza, deixando para o passado o que pertence ao passado.

 

Para a ciência, genéticos de reprodução, os mecanismos da vida podem ser vista unicamente como um acontecimento mágico e divino presidido por um Deus assim como o nosso nascimento vem do encontro entre um macho e uma fêmea. Com esse conhecimento adquirido, as estórias do seu grupo pré-histórico vão ganhando um colorido todo especial, elas se desenvolvem a partir da percepção da presença divina em suas vidas, a presença de algo que transcende a capacidade humana de explicar os fenômenos vivenciados pelo grupo.

 

POR QUE TENHO QUE PASSAR POR UM PROCESSO DE COACH?

 

Para fazer parte da minha história. Para melhor compreender este fato podemos citar uma fala de Platão na Grécia antiga, ...O universo da ciência (gnose) e o do conhecimento (episteme), por inteiro, se abria perante ele, podendo então vislumbrar o mundo das formas perfeitas ou o mundo da verdade, do conhecimento verdadeiro. Maravilhado com o conhecimento, ele voltou para dentro da caverna para narrar o fato aos seus amigos ainda acorrentados, com o intuito de também libertá-los, mas eles não acreditaram nele e revoltados com a sua “mentira”, acostumados a permanecerem na “zona de conforto”. Esta passagem nos mostra a realidade hoje ainda vivida, a busca do autoconhecimento nos faz fazer escolhas, o que você escolhe? As histórias contadas por você e seu grupo são estórias da vida, mais do que isso, são estórias que falam da presença do mundo sobrenatural em nossas vidas.

 

Os Mitos são relatos expressivos de tempos imemoriais, de acontecimentos, vivências e fenômenos cuja origem se perde na memória da humanidade. Com sua narrativa simbólica os Mitos contam estórias de um tempo em que não havia História registrada pela escrita ou pela fotografia. O tempo histórico do Mito é o tempo da luta humana. Essas forças indomáveis do mundo natural tinham para nossos ancestrais a luta contínua do sobrenatural, maior, que sobrepõe à própria natureza e que é maior e melhor do que ela podendo ser expressa pelos deuses. A criação dos Mitos dos antepassados é a forma de eternizar as relações entre o ser humano e o mundo ganhando sentido. O que antes não tinha significado passa a ter.

 

Segundo Jung, os Arquétipos: “não são ideias herdadas, mas possibilidades herdadas”. Sendo assim, os Arquétipos não seriam determinados quanto ao seu conteúdo, mas apenas quanto à sua forma já que o Mito é mais uma recordação ancestral de situações naturais e culturais, ou uma elaboração fantasiosa sobre fatos, eles seriam uma expressão simbólica dos sentimentos e atitudes inconscientes de um povo. A humanidade vai passando por novas experiências, adquire novos conhecimentos e novas habilidades, os Mitos se transformam e novos Símbolos passam a exprimir as imagens contidas no Arquétipo primordial. Como advento do Coach, por exemplo, os grupos humanos descobriram que era possível “potencializar” a sua personalidade natural, estudá-la e desenvolvê-la de forma que ela nos respondesse com mais e mais habilidades específicas para atingir nossos objetivos.

 

Através do Mito trazemos a divindade para junto de nós, simbolizamos a força desafiadora da natureza representada pelos deuses em estórias nas quais a estabilidade do universo está atrelada à própria origem e manutenção da vida. Os anseios humanos de transcender os desafios da sobrevivência cotidiana que são da ordem natural ou biológica. Adentrar o plano sobrenatural, esse espaço simbólico que excedeu a invencibilidade das necessidades impostas ao homem pelo mundo é aproximar-se do divino, é partilhar com os deuses de sua capacidade criadora que não apenas desafia as forças da natureza como é sua própria fonte geradora.

 

Quando um ser humano realiza um grande feito, quando ele se iguala aos deuses, é porquê ele superou as adversidades de sua própria condição humana ao enfrentá-las bravamente, e quando isso acontece ele se torna uma Lenda! Se o Mito é a narrativa simbólica de como os deuses atuam no mundo e dão origem a toda vida a partir de sua própria gênese; a Lenda (e também os Contos de Fadas), narra os caminhos percorridos pelo humano para superar sua condição de origem animal e assemelhar-se ao divino.

 

Tanto o Mito quanto a Lenda oferecem recursos simbólicos de acesso a psiquê mais profunda (Inconsciente Coletivo) e ao mundo arquetípico. A Lenda porquê nos lembra de nossa condição animal biológica, mortal e limitada, e do papel dos instintos nas nossas relações com a natureza e com o outro. O Mito por não nos deixar esquecer de nossa capacidade criativa que dá significado ao mundo e celebra o que há de divino em nós. Mito e Lenda, tanto um quanto a outra nos colocam em contato com os conteúdos do Inconsciente Coletivo, o espaço imaginário em que os Símbolos ganham vida pela soma dos instintos biológicos e de seus correlatos psicológicos, os Arquétipos. (therion em 28/11/04)”.

 

Cada pessoa em sua essência natural carrega consigo história fantástica ora de sucesso ora de insucesso. Com foco nos resultados dos meus coaching foi uma forma simples e objetiva de falar do meu “sucesso” como Coach, testando a pouco tempo minhas habilidades como coach, tive um grande prazer de ter no meu caminho pessoas que aceitaram o processo de coach, acreditando no meu profissionalismo e a minha habilidade “em desenvolvimento” que é lidar com pessoas, treinando e ajudando.

 

Na busca incansável pelo desenvolvimento pessoal passar por vários processos e treinamento, possibilitou-me perceber minhas habilidades e minhas limitações ainda melhor, potencializar os pontos necessários para manter-me viva em um mundo competitivo e desafiador. Passando pelo autoprocesso de Coach, percebi o quanto foi útil para mim em contribuir com outras pessoas.

 

A cada coaching é uma lição, um novo desafio para o meu desenvolvimento profissional e pessoal. O prazer de a aprender com suas vivências e desafios, suas dores vivenciadas são de grande valia para o desenvolver das suas habilidades, unificando Coach e coaching.

 

O domínio e habilidade em vários segmentos facilita o caminhar o apoiar seu coaching em sua desafiadora descoberta de si, este é de fato um verdadeiro momento de colocar em prática toda teoria vista e formação, é a somatória dos demais conhecimentos agregado para um maior e melhor resultado. O meu maior prazer neste processo é deixar aqui o depoimento de pessoas que me auxiliaram nesta caminhada, o mais interessante é que eles relatam que eu os ajudei quando na verdade eles estão me ajudando no meu desenvolvimento pessoal e profissional. Gratidão a todos que de uma forma ou de outra tornaram possível mais esta passagem da minha vida. Hoje eu estou escrevendo a minha própria história, amanhã será você. Acredite!



Depoimentos.

 

 

ANDERSON R. BISPO


Primeiramente gostaria de me apresentar, meu nome é Anderson R. Bispo tenho 45 anos de idade e resido na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais. Escrevi este texto com a finalidade de lhes falar sobre o Coach o qual tem como cerne ajudar pessoas que, assim como eu, tem dificuldade para atingir seus objetivos. Confesso que não tinha nenhum conhecimento sobre tal método e pouco sabia sobre coaching. Até que recebi o convite feito pela Coach Aureny O. Ferreira, onde a mesmo me propôs a responder ao questionário do sistema DISC, devo salientar que achei que seria mais um processo que me levasse a perder tempo e dinheiro, mas resolvi me dar uma chance, pois por várias vezes iniciava meus projetos e com o decorrer do tempo, lá me via sem tê-los finalizado. Isso me causava naturalmente uma grande frustração. Dito isso, recebi um e-mail da minha Coach, digo isso com muita propriedade, pois agora ela faz parte da minha história de mudanças, o qual aguardava com bastante ansiedade e o respondi prontamente com o cuidado de ser “eu” de verdade sem ter medo de me revelar. Ao terminar de dar minhas respostas, como já disse, sem medo de me revelar, recebi a devolutiva com a impressão de me conhecer bem menos do que eu pensava, ou seja, comecei a entender os porquês de não conseguir concluir meus projetos. Para confirmação de que eu estava no caminho certo bastou a primeira videoconferência com a minha mais nova parceira Aureny O. Ferreira, a qual me surpreendeu ao me apresentar de verdade ao até então desconhecido Anderson R. Bispo. Ela me revelou detalhes sobre minha personalidade e meu jeito de agir que nem mesmo eu sabia, me dando um feedback inicial que me permitiu ter a consciência que eu poderia mudar meu destino. Assim apesar de estar no início do treinamento me sinto na obrigação e com a responsabilidade de deixar esse depoimento, pois acredito que ele possa auxiliar várias pessoas que se encontram em situação análoga a minha e, que por desconhecerem essa maravilhosa ferramenta e não possuírem orientação profissional, continuam perdendo seu precioso tempo.




JOSIANE SILVEIRA

Meu nome e Josiane Silveira sou mineira, tenho 19 anos, atualmente moro em Belo Horizonte com minha família, sou estudante de Direito e trabalho no setor de administração. O meu interesse pelo processo pelo coaching começou com uma busca incessante pelo autoconhecimento. Estava em um momento de muitas dúvidas, muitas instabilidades profissionais e principalmente pessoais, mas com muita vontade de me encontrar e enxergar em mim um equilíbrio e evolução.

 

A princípio eu acreditava que o coaching responderia minhas perguntas, quando na verdade ele me trouxe mais perguntas ainda, me tirando da zona de conforto e me mostrando que tudo que eu procuro está dentro de mim. Diversas vezes me vi de encontro com os meus mais internos medos, segredos e autodefesas que são naturais do ser humano, que se não forem trabalhados pode nos trazer um comodismo e uma realidade falsa. E natural que tenhamos problemas, inclusive no coaching entendi que muitas coisas que aconteceram e viriam acontecer, são inerentes a minha vontade e alcance, porém comecei a lidar com um problema ou um trauma de forma positiva, usar esse momento como algo que me fez crescer e sair daquele estagio de dor e sofrimento conseguindo assim ser forte emocionalmente.

 

Ainda estou longe do meu objetivo, que e o autoconhecimento, porém estou mais perto do que antes. E nítido para mim e para quem convive comigo toda minha mudança, ao nos conhecer adquirimos uma capacidade de lidar com os desafios, problemas e principalmente relações de uma maneira incrível. Antes do coaching eu era uma pessoa explosiva, impaciente, e sempre enxergava o problema no outro, sempre exigia a mudança no outro mas não conseguia visualizar que as vezes quem mais precisava mudar era eu. O processo do coaching me deu o que chamamos de ``jogos de cintura`` saber como agir, e quando agir.

 

Ainda existem muitas coisas que preciso mudar e descobrir sobre mim, afinal, somos seres totalmente versátil e em constantes mudanças, mas já consigo saborear um pouco da Josiane que sou e que tenho buscado, sei das minhas fraquezas, das minhas qualidades, e mais do que as reconhecer, sei lidar com as mesmas. Consigo hoje claramente enxergar o que é necessário melhorar, o que preciso mudar e o que preciso adquirir. No processo o seu coaching ira te auxiliar a encontrar meios de alcançar o seu objetivo. É importante ressaltar que o processo e extremamente pessoal e particular, ou seja, depende exclusivamente de você querer a mudança para sua vida, não adianta nos autos sabotar, não adianta você não se esforçar para cumprir o proposto por que tudo isso somara no resultado que você almeja.

 

Enfim, a minha experiência tem sido incrível, e mais produtiva do que eu imaginava, confesso que não tinha dimensão do quanto o processo de coaching mudaria a minha vida, e traria resultados tão visíveis em pouco tempo. Para mim todos deveriam se dar de presente um momento como esse na vida, e uma forma de amor-próprio muito grande. E um estágio em que você se torna seletivo com o que você era e o que você que ser a partir daquele dia.

 

 

 

Fonte: Aureny Oliveira Ferreira

 

 

 

Tapeçaria Maracanã

Programa de reconstrução capilar

 Revista Época

Anunciante Clements

© 2017 - Grupo Interativo Negócios | Jornal Sumaré | Jornal Interativo | Site Interativo

Rua Conceição, 233 - CEP 13.010-916 - Campinas/SP

Fones: (19) 3384-6388 / 99283-6239 Whatsapp

E-mail: contato@jornalsumare.com.br

 

Edições semanais com 5 mil exemplares distribuídos em 175 pontos em toda cidade,
Em supermercados, bancas de revistas e jornais e algumas empresas.