Sumaré

Sumaré (716)

O documentário “Nos Trilhos e nas Flores, uma História”, que conta a história de Sumaré ao longo dos seus 150 anos, estreia nesta quinta-feira (30), às 19 horas, no Anfiteatro do Centro Administrativo de Nova Veneza. A entrada é livre e gratuita a toda a população e o lançamento contará ainda com a participação especial da Banda Sinfônica Municipal Dorival Gomes Barroca.

 

O filme retrata a cidade numa linha cronológica, desde a época quando toda a região era uma grande fazenda, passando pelo início da primeira vila, desenvolvimento em torno da ferroviária, início da industrialização, acontecimentos e personagens importantes, até os dias de hoje. A história é contada por meio de diálogos entre os personagens professor Antônio, interpretado pelo ator Marcos Zuin, e sua aluna Ana, interpretada pela atriz Bianca Liu. A produção é da ABADE FILMS, por meio do PROAC (Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo), com patrocínio da Honda Automóveis.

 

Segundo o jornalista e diretor do documentário, Rogério Abade, o projeto foi desenvolvido devido à “rica história de formação que Sumaré possui – o que muito minha atenção, por isso, a iniciativa de transformar esse conteúdo histórico num registro audiovisual, que poderá ser utilizado, por exemplo, nas escolas de Sumaré”, comentou ele. No total foram quase três anos de produção, entre pesquisas, leituras de livros, documentos, fotos, entrevistas, reuniões, visitas a pontos históricos, criação do roteiro e gravações.

 

Após o lançamento nesta quinta-feira, dia 30, o documentário estará disponível nas redes sociais da produtora e também na página do Facebook “Nos Trilhos e nas Flores uma História”. Além disso, será exibido em escolas de Sumaré, centros comunitários e igrejas, além de festivais de cinema. Os interessados podem solicitar cópias pelo telefone (19) 99107-5668.

 

O Anfiteatro de Sumaré está localizado na Avenida Brasil, 1.111, Nova Veneza.

 

 

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação

 

 

A Campanha Nacional de Vacinação contra pólio e sarampo termina nesta sexta-feira, dia 31. As doses estão disponíveis em todas as unidades básicas de saúde de Sumaré e é importante que todas as crianças de 1 a 4 anos de idade recebam as doses, mesmo que a Carteira de Vacinação esteja atualizada. A campanha tem como objetivo reforçar a imunização, a fim de manter o estado de eliminação da poliomielite (paralisia infantil) e do sarampo em todo o país.

 

Segundo o último balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, de 4 a 24 de agosto, cerca de 65% do público-alvo havia sido vacinado: 9.235 crianças receberam a dose contra a poliomielite e 9.174, contra o sarampo. A meta é imunizar 95% das 14.200 crianças da faixa etária de 1 a 4 anos em Sumaré.

 

“Para isso, é muito importante que os pais ou responsáveis levem as crianças a uma unidade de saúde nestes últimos dias para receber as doses, mesmo que as carteirinhas estejam atualizadas. As vacinas são a forma mais eficaz de protegermos nossas crianças contra essas doenças bastante agressivas”, incentivou o secretário municipal de Saúde, Rubens Gatti.

 

De modo geral, as vacinas devem ser evitadas em crianças com infecções agudas febris, alergia grave a algum componente das vacinas, reação grave à dose anterior, crianças imunodeprimidas e aquelas que estejam em contato com imunodeprimidos. Para as crianças que podem receber as doses, basta comparecer à unidade de saúde mais próxima de casa, portando a carteirinha de vacinação.

 

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação

 

 

Após três rodadas, apenas duas equipes mantêm 100% de aproveitamento na 1ª divisão do Campeonato Amador de Sumaré: EC Bom Retiro, que lidera o Grupo A, e o Canarinho, que é o líder isolado do Grupo B, ambos com 9 pontos. Já o Fumaça sofreu seu primeiro revés no último fim de semana e deixou a liderança até então compartilhada do Grupo A.

 

O EC Bom Retiro venceu o Sol Nascente por 2 a 0 e enfrenta o E.C. Ipiranga no próximo domingo, dia 2 de setembro. Já o Canarinho, que superou o Nova Terra por 2 a 1, recebe o Real Salvador. O Fumaça, até então com 100% de aproveitamento, perdeu para o Nacional AC por 3 a 2 e tentará a recuperação contra o Virgílio Basso.

 

Todos os jogos da 4ª rodada acontecem no próximo domingo, dia 2, em horário e locais disponíveis no sitewww.esportesumare.com.br. O campeonato é organizado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer.

 

OUTRAS DIVISÕES

Também no domingo (2) acontecem os jogos válidos pela quarta rodada da 2ª Divisão. Os líderes do Grupo A, Caramuru FC e São Judas, enfrentam o Juventude Denadai e Unidos Conceição, respectivamente; já pelo Grupo B, o Beira Rio, único com 9 pontos da competição, joga contra o Real Bordon.

 

No sábado, dia 1º de setembro, é a vez dos times da categoria Master entrarem em campo. União 03 Vilas, melhor equipe do Grupo A, enfrenta o Paulistano, e o invicto AD Gazeta recebe o Amível pelo Grupo B.

 

 

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação

 

 

 

Cerca de 50 mil alunos das escolas municipais e estaduais de Sumaré passam a contar esta semana com alimentos in natura na merenda escolar e, portanto, de maior valor nutricional. As frutas, legumes e verduras são provenientes da Agricultura Familiar, cultivadas por produtores rurais dos assentamentos de Sumaré e outros municípios. Parte dos alimentos, que já começaram a ser distribuídos ontem, dia 29, às escolas, foi apresentada nesta quinta-feira, dia 30, na EM Maria Aparecida de Jesus Segura, no Assentamento II.

 

“Para nós, é uma grande alegria incorporar alimentos da Agricultura Familiar na merenda escolar, fornecendo às nossas crianças e adolescentes uma alimentação balanceada – fundamental para a saúde e o aprendizado –, e ainda valorizando a produção rural, gerando emprego e renda aos trabalhadores do campo da nossa cidade e região”, comentou o prefeito Luiz Dalben.

 

O investimento da Prefeitura é de cerca de R$ 1,9 milhão. São três fornecedores contratados, via licitação: a Cooperativa de Produção e Comércio de Sumaré, formada pelos três assentamentos do município, que reúnem 225 produtores rurais da cidade; a Cooperativa Agropecuária Dourados - Assentamento Dandara Barracão Comunitário; e a Cooperativa Agropecuária Familiar de Paraguaçu Paulista.

 

            Entre os alimentos fornecidos pelos assentamentos de Sumaré estão a goiaba, tomate, limão, rabanete, abobrinha e cebolinha. Os produtos foram apresentados hoje pela cooperativa local, sob a presidência de Lucinda de Fátima Santos, à secretária municipal de Educação, Mirela Cia Medeiros, ao secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Josué Cardozo, e à coordenadora do CONSEA (Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional), Andréia Rocha Ivanoff. Também participou da apresentação o vereador Ulisses Gomes.

 

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação

 

 

A Campanha Municipal de Vacinação Antirrábica, uma iniciativa da Prefeitura de Sumaré com o objetivo de imunizar, gratuitamente, cães e gatos da cidade com idade superior a quatro meses, chega este sábado (dia 1º de setembro) à região do Matão. Das 9h às 16h, a população pode procurar por um dos 10 postos de vacinação (confira os endereços abaixo) e imunizar seus pets contra a raiva. A ação já foi realizada nas regiões do Maria Antonia, Nova Veneza e Área Cura, onde vacinou 7.971 cães e gatos, e percorrerá todas as demais regiões do município até o dia 15 de setembro.

 

O prefeito Luiz Dalben, grande incentivador da campanha, destaca a importância de os proprietários levarem seus animais para a imunização. “A vacina antirrábica continua sendo a principal forma de controle da doença em áreas urbanas, respondendo pela diminuição dos casos de raiva canina e felina e, como consequência, também da raiva humana. Por isso, não deixem de aproveitar esta oportunidade de vacinar gratuitamente os animais”, disse o prefeito.

 

Os animais devem ser levados até os pontos de vacinação por pessoas maiores de 18 anos, sempre verificando alguns cuidados importantes:

 

- A responsabilidade pelo animal é do proprietário;

- Leve o cão com alguma forma de contenção (guia, coleira, focinheira, etc) para que não haja acidentes (Lei Estadual nº 11.513/2003);

- Transporte seu gato devidamente em gaiola, caixa de transporte, e leve uma toalha ou pano que ajude a contê-lo;

- Não deixe para a última hora! A vacinação será realizada das 9h às 16h, nos locais indicados pela campanha (seguem abaixo).

 

 

 

 

CRONOGRAMA E PONTOS DE VACINAÇÃO

01/09/2018 – Região do Matão

  • EM Ramona Canhete Pinto (Avenida Matão, nº 64, São Jerônimo)
  • Praça Sebastião Rodrigues Azenha (Rua Eduardo Hoffman, Parque Pavan)
  • EE Profª Solange Maura Albino (Rua Lourdes Xavier de Oliveira, nº 40, Jardim Minesota)
  • PSF Nova Terra (Rua Carlos Rogério Farias, nº 315, Jardim Nova Terra)
  • Comunidade São Luís (Rua Eduardo da Silva Prates, nº 116, Jardim São Luís)
  • UBS Paraíso (Avenida Leonardo Antonio Schiavinatto, nº 50, Parque Regina)
  • PSF Santa Clara (Rua Benedito Teodoro Mendes, nº 26, Jardim Santa Clara)
  • EE Profª Ondina Pinto Gonzalez (Rua Mário Bosco, nº 91, Jardim Morumbi)
  • Administração Regional do Matão (Avenida Minasa, nº 1.136, San Martins)
  • EM Alfredo Castro Donaire (Rua São Timóteo, nº 121, Parque General Osório)

 

15/09/2018 – Região Central e Picerno

  • Corpo de Bombeiros (Praça Ana Covalenco, s/nº, Parque Casarão)
  • Velório Municipal (Avenida da Saudade, s/nº, Parque Florença)
  • UBS Vasconcelos (Rua João de Vasconcellos, nº 30, Parque João de Vasconcellos)
  • EE Vito Carmine Cerbasi (Rua Waldemar Prado, nº 82, Jardim Santa Madalena)
  • EE Profª Bélgica Alleoni Borges (Rua Manoel Luciano, nº 34, Jardim Primavera)
  • EE Antonio do Valle Sobrinho (Rua Virginio Basso, nº 614, Campo Belo)
  • Rua Dez e Rua Maria Blumer, Jardim Picerno I (Equipe Volante)
  • UBS Picerno (Rua da Saúde, s/nº, Jardim Picerno II)
  • UBS Lucélia (Rua Estados Unidos, s/nº, Jardim Lucélia)
  • UBS Bordon (Rua Antonieta Ravagnani Tanner, nº 415, Portal Bordon)

 

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação

 

 

A Escola Municipal José de Anchieta recebeu na manhã de hoje, dia 30, um “abraço” coletivo de seus alunos, professores e colaboradores, em comemoração ao seu aniversário de 60 anos. Em agosto de 1958, começava a história desta que hoje é a maior escola de Sumaré. Além do abraço, a comemoração contou também com apresentação da fanfarra da própria escola, um sonoro “parabéns” e a distribuição de bolo aos alunos. No período da tarde, a “festa” continuou com a apresentação de danças das crianças. O Jubileu de Diamante contará ainda com um Jantar Dançante, dia 29 de setembro, às 20h, no Clube Recreativo. Os convites já estão à venda na secretaria da unidade escolar.

“É com muita alegria que comemoramos este Jubileu de Diamante. A Escola José de Anchieta é uma das mais antigas da nossa cidade e hoje a maior escola de Sumaré, atendendo a mais de 1.600 alunos no Ensino Fundamental, todo ano. É uma escola de referência em nosso município, que cresceu junto com Sumaré e que faz parte da história de milhares de sumareenses, além da própria Educação Municipal, tendo formado ainda centenas de professores nos cursos de Magistério. As festividades visam resgatar a história da escola e também promover cultura, arte e lazer para toda a comunidade”, comentou o prefeito Luiz Dalben.

As comemorações tiveram início no último sábado, dia 25, quando a escola foi aberta à comunidade com apresentações de dança dos alunos – passando por ritmos dos últimos 60 anos – bingo, barracas de alimentação e brinquedos infláveis para as crianças.

 

Hoje, os alunos participaram do “abraço” coletivo e também de um ato cívico, com a execução dos hinos Nacional e de Sumaré, apresentações de música, dança e da fanfarra. Participaram das atividades a secretária municipal de Educação, Mirela Cia Medeiros – que se lembrou da época em que estudou na escola –, a diretora da EM José de Anchieta, Mirian da Silva Pimenta, e o vereador Rubens Champam.

 

O Jubileu de Diamante da Escola Municipal José de Anchieta também será comemorado com um Jantar Dançante, que acontece no dia 29 de setembro, às 20h, no Clube Recreativo de Sumaré. O evento contará com buffet e banda ao vivo, e qualquer interessado pode participar. Os convites já estão à venda na secretaria da escola. O valor é de R$ 70,00 por pessoa, até o dia 6 de setembro, e de R$ 80 do dia 6 ao dia 14 de setembro. Crianças de zero a cinco anos não pagam e para crianças de 6 a 10 anos, o valor é de R$ 30,00. Os interessados podem entrar em contato com a escola pelo telefone 3873-1574.

 

“Este é um momento muito especial e preparamos essas atividades com muito carinho, com a finalidade de contar um pouco da história da EM José de Anchieta e também de homenagear os alunos e ex-alunos, professores e ex-professores, todos os que contribuíram e contribuem para a construção de um ensino público de qualidade e referência”, disse a secretária municipal de Educação, Mirela Cia Medeiros.

 

HISTÓRIA – Com a colaboração da Associação Pró-Memória de Sumaré

 

                A história da Escola Municipal José de Anchieta começou no dia 6 de abril de 1956, quando o Padre José Giordano, primeiro prefeito de Sumaré, promulgou a Lei nº 31, que criou “uma classe escolar municipal para funcionamento na cidade de Sumaré, com denominação de ‘José de Anchieta’”. A mesma lei também criava o cargo de professor para esta escola. A primeira professora foi Maíba Aparecida Maluf, que começou a lecionar numa classe em agosto de 1958 – por isso, o aniversário da escola é comemorado nesta data.

 

A escola funcionava no mesmo prédio do antigo Grupo Escolar André Rodrigues de Alkmin. Segundo relato de antigas professoras, os primeiros alunos do curso primário eram os filhos das professoras e crianças vindas da periferia, uma vez que a escola não tinha ainda credibilidade. O trabalho da primeira equipe de docentes foi desafiador. Visando uma educação de qualidade e o aprendizado dos alunos, as professoras se reuniam na casa de uma delas para planejar. Como ainda não existia a recuperação para os alunos com dificuldades, as professoras os levavam para suas casas, no período oposto, e de maneira voluntária ministravam reforço para estes alunos. E para os alunos carentes, as professoras se reuniam com a comunidade para angariar fundos para a compra de materiais. Este trabalho resultou numa confiabilidade e integração muito importante entre escola e família.

 

O trabalho deu tão certo, que a escola foi ganhando credibilidade e por volta de 1974, devido à grande procura por parte dos pais, havia fila na porta da escola, durante o período de matrícula, sendo necessária uma triagem para o ingresso na 1ª série. Criou-se uma espécie de “vestibulinho”, que selecionava os candidatos, pois a escola não comportava a grande quantidade de alunos.

 

Para atender a crescente demanda, foi construído um novo prédio – onde a escola está localizada atualmente. O prédio foi inaugurado em 1988, na Rua Geraldo de Souza, nº 157-221, Jardim Carlos Basso. O terreno foi doado pelo então proprietário o Sr. Carlos Basso, com a condição de que o espaço fosse utilizado para a construção de uma escola.

 

Com múltiplos ambientes como sala de artes, laboratório de química e biologia, auditório e quadra coberta, a Escola Municipal José de Anchieta também ganhou outro diferencial – o CEAV (Centro de Educação Ambiental Vivenciado), que hoje serve a toda a rede municipal de Ensino. A escola foi a primeira da região a criar uma área verde para a educação ambiental, tornando-se uma referência nacional. O projeto foi idealizado por Fernando Wucherpfenning, ambientalista, paisagista e pai de aluno da EM José de Anchieta na época, junto com a equipe de professores, especialistas, alunos e demais pais. Lançado oficialmente na primavera de 1989, surgia no terreno ao lado da escola um laboratório vivo na escola, com o plantio de inúmeras árvores, flores e ainda a implantação de um lago onde se cria peixes de várias espécies.

 

Ao longo da sua história, a EM José de Anchieta e todos os que passaram por ela construíram um trabalho de qualidade, respeitado até hoje por seus bons resultados em avaliações externas, como o IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), alto índice de aprovações em “vestibulinhos” para o Ensino Médio/Técnico, prêmios em festivais de teatro e dança, Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas e até mesmo na Olimpíada Brasileira de Astronomia.

 

 

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação

 

 

BRK Ambiental realiza nesta sexta (31) inspeção para redução de perdas no município
A BRK Ambiental, concessionária responsável pelos serviços de saneamento de Sumaré, informa que irá realizar uma inspeção no sistema de distribuição de água da região central da cidade na madrugada desta sexta-feira, dia 31.

 

O objetivo da intervenção é realizar a setorização dos bairros e, deste modo, reduzir o índice de perdas, que desde o início da concessão já reduziu de 60% para 42%, e melhorar o abastecimento na região. A inspeção ocorrerá da 00h01 às 04h da sexta, dia 31, visando minimizar o impacto a população.

 

Por conta da inspeção, três bairros da cidade podem ter oscilações no abastecimento. A previsão é que o abastecimento esteja totalmente regularizado na tarde da própria sexta-feira, dia 31. Os bairros afetados são: Parque Franceschini, Vila Miranda e Jardim São José.

 

Em caso de dúvidas, entre em contato com a concessionária por meio do telefone 0800 771 0001. A ligação é gratuita e o atendimento funciona 24 horas por dia.

 

Fonte: BRK Ambiental

 

 

Foi aprovado por unanimidade o projeto de lei nº 139/18 que propõe a inclusão no Calendário Oficial de Eventos do Município de Sumaré o “Dia do Motociclista”, a ser comemorado no dia 27 de julho de cada ano. De autoria do vereador Rubens Champam (PSDB), o projeto propõe a realização de encontro de motociclistas, desfile pelas ruas da cidade e palestras de segurança e primeiros socorros, entre outros temas.

 

O dia 27 de julho marca o Dia do Motociclista e os motociclistas merecem o reconhecimento pela relevância da atividade. “Muitos o fazem por necessidade, mas também por escolha profissional, cada vez mais conscientes da necessidade da integração e respeito perante a sociedade”, afirmou Champam.

 

O projeto aprovado na Câmara Municipal será encaminhado agora para o Poder Executivo manifestar-se e sancionar, tornando-o lei.

 

 A próxima sessão legislativa será feita na terça-feira, 04 de setembro. Conforme o regimento interno da casa, as sessões ordinárias são realizadas às terças-feiras, a partir das 18h e seguem até 11 de dezembro, quando há a previsão de encerramento do segundo semestre legislativo.

 

Fonte: Câmara Municipal de Sumaré

 

 

Com a presença maciça de membros do Clube de Desbravadores da Igreja Adventista do Sétimo Dia no plenário da Câmara Municipal, os vereadores de Sumaré aprovaram por unanimidade o projeto de lei nº 140/18 de autoria do vereador Willian Souza (PT) que prevê a criação e inclusão no Calendário Oficial de Eventos e Comemorações do Município de Sumaré a “Semana Quebrando o Silêncio”, com o objetivo de orientar as vítimas de violência doméstica na busca por ajuda dos órgãos competentes.

 

De acordo com o projeto, a “Semana Quebrando o Silêncio” deverá ser realizada anualmente na semana que antecede o quarto sábado do mês de agosto. O projeto tem caráter educativo e de prevenção e é promovido anualmente desde 2002 pela Igreja Adventista do Sétimo Dia em oito países da América do Sul (Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai).

 

A semana propõe: a conscientização da população em geral, em particular as crianças, mulheres e idosos, sobre a importância de coibir a violência doméstica, através do ensino de regras simples e eficazes de prevenção e sobrevivência ao abuso; orientação dos munícipes, educadores e estudantes sobre o assunto, levando esclarecimento quanto a seus direitos e alertando quanto à necessidade de quebrar o silêncio e buscar junto aos órgãos competentes o apoio necessário; entrega de panfletos e organização de palestras, criminalizando qualquer forma de violência doméstica e; denunciar a atuação de abusadores.

 

O projeto aprovado na Câmara Municipal será encaminhado agora para o Poder Executivo manifestar-se e sancionar, tornando-o lei.

 

Fonte: Câmara Municipal de Sumaré

 

 

A proposta de alertar os compradores de imóveis com a obrigação de afixar cartaz informativo foi aprovada por unanimidade pelos vereadores de Sumaré na 25ª Sessão Ordinária do ano realizada na noite desta terça-feira, 28 de agosto. O substitutivo total ao projeto de lei nº 70/18 é de autoria do vereador Fabinho (SD).

 

O projeto aprovado determina que deverá ter um cartaz nos cartórios de registro de imóveis, tabelionato de notas e imobiliária, com os seguintes dizeres: “Antes de adquirir um imóvel exija a certidão negativa de débitos municipais”.

 

Ainda de acordo com o texto, o cartaz deverá obedecer a dimensões pré-definidas e os infratores serão notificados e terão o prazo de 15 dias para adequarem-se. Caso insistam na infração será aplicada uma multa no valor de R$ 954,00 que será dobrada em caso de reincidência.

 

A iniciativa surgiu após o vereador Fabinho receber em seu gabinete na Câmara muitos moradores desavisados que foram prejudicados com a compra de imóvel com pendências.

 

O projeto aprovado na Câmara Municipal será encaminhado agora para o Poder Executivo manifestar-se e sancionar, tornando-o lei.

 

Fonte: Câmara Municipal de Sumaré

 

 

Tapeçaria Maracanã

Programa de reconstrução capilar

 Revista Época

Anunciante Clements

© 2017 - Grupo Interativo Negócios | Jornal Sumaré | Jornal Interativo | Site Interativo

Rua Conceição, 233 - CEP 13.010-916 - Campinas/SP

Fones: (19) 3384-6388 / 99283-6239 Whatsapp

E-mail: contato@jornalsumare.com.br

 

Edições semanais com 5 mil exemplares distribuídos em 175 pontos em toda cidade,
Em supermercados, bancas de revistas e jornais e algumas empresas.