Sábado, 20 Outubro 2018 14:44

Imagem de Santo Antônio centenária é restaurada

 

A Basílica Santuário Santo Antônio de Pádua apresenta neste domingo (21) a imagem centenária do Padroeiro de Americana que passou por um minucioso processo de restauração. A imagem de 1876 marca o início da devoção a Santo Antônio no município. A celebração tem início às 9h30.

 

A restauração foi realizada pelo artista plástico Fernando Pedersini, de São João del-Rei (MG), e buscou devolver a originalidade da peça. O trabalho durou dois meses e consistiu na identificação e correção das trincas, lixamento, pintura com óxido (mistura de produtos minerais e orgânicos) e dos filetes com folha de ouro e aplicação de cera de carnaúba para dar proteção à imagem.

 

“Esta imagem gerou e fez nascer a devoção a Santo Antônio em nosso povo. É um ícone e presença física do nosso amor a este grande Santo da Igreja Católica. Recuperar a sua originalidade é também preservar a própria história de Americana e oportunidade única de agradecermos todas as graças recebidas por seu intermédio”, comentou o reitor da Basílica, padre Leandro Ricardo.

 

Trazida pelos primeiros imigrantes italianos, a imagem pertencia a empresa Santista Têxtil até 2014, quando então foi doada em definitivo para a Basílica Santuário. Durante todo o mês de junho, ela é exposta para veneração dos devotos.

 

A missa de entronização e bênção será presidida pelo bispo diocesano de Limeira, Dom Vilson dias de Oliveira. Os fiéis sairão em procissão com a imagem pelas ruas centrais e ao final a cidade será consagrada ao seu Padroeiro.

 

 

Serviço:

Missa de entronização da imagem de Santo Antônio

Data: Domingo (21/10)

Horário: 9h30

Basílica Santuário Santo Antônio de Pádua

Rua Dr Vieira Bueno, 150, Centro – Americana – SP

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação e Imprensa

 

 

Sexta, 19 Outubro 2018 13:56

Capivari recebe oficina gratuita Narrando com a Kali, para formação de contadores de histórias na quinta-feira (25)

 

Nesta quinta-feira (25), a cidade de Capivari recebe uma oficina especial para educadores e professores sobre contação de histórias, que irá tratar da arte de contar histórias para crianças e como aprimorar essa técnica. Essa é a última oficina do projeto Narrando com a Kali, que circulou o interior do estado de São Paulo. A oficina acontece na Biblioteca Pública Municipal João Batista Prata, das 13h às 17h e é gratuita.

 

A proposta da oficina é iniciar os participantes à narração oral e contação de histórias, desenvolvendo a expressão corporal, construção de roteiro e a narrativa, aprimorando e estimulando a comunicação coletiva. A oficina terá 4 horas de duração, nos quais a recreadora e contadora de histórias Kalinde Braga vai compartilhar suas estratégias para preparar uma apresentação, escolher canções, bonecos e objetos, e principalmente para despertar a imaginação e convidar seus ouvintes à leitura de forma segura e eficaz.

 

Escolher uma história, prepara-la e apresentar para crianças pode ser um problema à primeira vista, mas a resposta pode ser tornar mais simples a partir dessa oficina, que oferece aos educadores não só uma chance de melhor compartilhar suas experiências em sala de aula como também descobrir o narrador que existe em cada um de nós. Através do uso de bibliografia de referência, leituras dirigidas, exercícios vocais e corporais e elementos extra, contar histórias pode se tornar tanto uma ferramenta de aprendizado quanto um conteúdo artístico que potencialize o trabalho dos educadores.

 

Para a secretária da Educação de Capivari, Marília Aparecida Cardoso de Oliveira, apoiar projetos como este é de extrema importância para a Formação Continuada do professor. “Será um dia em que os professores terão a oportunidade de aprimorar a técnica de contação de histórias, como também, ampliar um repertório de histórias clássicas e de lançamentos, podendo compartilhar as experiências adquiridas. Para nós da Prefeitura de Capivari é um prazer ser parceiro deste projeto”, ressaltou.



O projeto Narrando com a Kali é ministrado por Kalinde Braga, mestra em Artes da Cena pela Unicamp, atriz, contadora de histórias e recreadora, e é uma realização do Governo do Estado de São Paulo através do Programa de Ação Cultural (ProAC). O apoio é da Prefeitura Municipal e da Secretaria de Educação de Capivari e patrocínio da Raízen.

 

 

“A Raízen tem como foco investir em projetos voltados à educação e cultura nas regiões em que atua. Projetos como esse contribuem para o desenvolvimento sociocultural destes jovens e são muito importantes para transmitir mensagens e aperfeiçoar conceitos sobre o processo de amadurecimento. Incentivar ações como essa está em linha com a cultura da Raízen que é, principalmente, ampliar o melhor de cada um na sociedade como um todo e contribuir com a formação do cidadão do futuro”, destaca Josiane Siqueira, Coordenadora Administrativa.

 


Serviço – A última oficina do projeto Narrando om a Kali acontece em Capivari na quinta-feira, 25 de outubro, das 13h às 17h, na Biblioteca Pública Municipal João Batista Prata (Rua XV de Novembro, 382, Centro). A entrada é gratuita.

 

 

Fonte: Aline Soriane

 

 

Quinta, 18 Outubro 2018 01:15

Em viagem ao Japão, Edmílson encontra amigo Iniesta e jogador mais velho do Mundo

 

Pentacampeão encontrou o meia espanhol do Vissel Kobe e ex-colega de Barcelona, além de conhecer Kazu Miura, que aos 51 anos é o atleta profissional de futebol mais velho em atividade

 

Retornando para a terra onde conquistou o pentacampeonato mundial com a Seleção Brasileira em 2002, Edmílson Moraes está no Japão participando de uma série de visitas em escolas e ações sociais nas cidades de Kagoshima e Yokohama. Além de passar um pouco de sua experiência no futebol para jovens atletas que anseiam em se tornar jogadores profissionais, Edmílson teve a oportunidade de encontrar duas estrelas do esporte: Andrés Iniesta e Kazuyoshi Miura.

 

Ex-meia do Barcelona, onde traçou toda sua carreira até se transferir para o Vissel Kobe, do Japão, o espanhol Andrés Iniesta recebeu Edmílson no centro de treinamento do seu clube, realizando um grande encontro entre dois campeões mundiais. Juntos, conquistaram a Champions League de 2005/06, o bicampeonato espanhol e da Supercopa da Espanha, em 2005 e 2006. Iniesta estreou no Barcelona em outubro de 2002, ano do pentacampeonato do Brasil e dois anos antes da contratação de Edmílson para o clube catalão.

 

O outro encontro de Edmílson foi com outro ícone do futebol. Mais conhecido como Kazu, o japonês do Yokohama FC é o jogador profissional mais velho em atividade, com 51 anos completados em fevereiro de 2018. O brasileiro fez questão de registrar o encontro com o meia atacante, que, curiosamente, começou a carreira profissional no Brasil, atuando pelo Santos, e chegou a jogar no XV de Jaú, mesmo time em que Edmílson iniciou profissionalmente.

 

Em suas visitas, Edmílson conheceu a Kagoshima-Jitsugyo High School ao lado de Daisuke Nasu, companheiro de Iniesta no Vissel Kobe e que foi revelado nesta escola no mesmo campo de terra em que foram motivar os jovens; além de conhecer também a Aomoriyamada High School, uma das mais tradicionais, que já forneceu mais de 30 jogadores para a J-League (Liga Japonesa) e 18 para a Seleção do Japão.

 

Edmílson retorna para Barcelona e tem a próxima viagem marcada para novembro, quando vem para o Brasil para participar de ações sociais como embaixador da AACD.

 

 

Fonte: Fundação Edmílson

 

 

 

Tapeçaria Maracanã

Programa de reconstrução capilar

 Revista Época

Anunciante Clements

© 2017 - Grupo Interativo Negócios | Jornal Sumaré | Jornal Interativo | Site Interativo

Rua Conceição, 233 - CEP 13.010-916 - Campinas/SP

Fones: (19) 3384-6388 / 99283-6239 Whatsapp

E-mail: contato@jornalsumare.com.br

 

Edições semanais com 5 mil exemplares distribuídos em 175 pontos em toda cidade,
Em supermercados, bancas de revistas e jornais e algumas empresas.